Links da Semana #1

  1. Uma séria vulnerabilidade no protocolo WPA2 foi descoberta esta semana, pelo pesquisador Mathy Vanhoef. Ela foi batizada de KRAK (Key Reinstallation Attacks). Explorando a troca de chaves que acontece no início da comunicação (handshake), o invasor poderia forjar chaves de criptografia e comprometer comunicações que não estivesse trafegando com outras medidas de segurança (por exemplo, HTTPS). O impacto se dá principalmente porque os Roteadores raramente são atualizados por usuários leigos, então principalmente em redes públicas é bom ter cuidado redobrado. Algumas distribuições U/Linux já anunciaram patches para resolver o problema.

  2. Já ficou dias buscando sequencialmente qual commit introduziu um defeito na aplicação? O git pode te ajudar com o comando pouco conhecido bisect. Resumidamente, ele te ajuda a buscar o commit problemático buscando dentro de um intervalo definido (que é configuração de qual versão está definitivamente certa e qual está definitivamente errada). A partir daí, é feita uma busca binária, que é mais eficiente do que listar todos os commits e ir testando um por um.
  3. A Alphabet, dona da Google, anunciou nesta terça que irá lançar um "programa de proteção avançada" no Gmail. Usuários neste programa receberiam funcionalidades de segurança avançada, como o fortalecimento do processo de recuperação de senha e atualizações de segurança mais rapidamente. Especula-se que tal medida venha como resposta aos ataques durante as eleições americanas, já que o programa é voltado para jornalistas e autoridades. Coincidência ou não, o anúncio veio no mesmo dia que o Presidente Michel Temer admitiu usar um Gmail para assuntos oficiais desde a Vice Presidência da República, sob a justificativa que o "sistema do planalto nem sempre funciona bem". Me pergunto porque tais funcionalidades avançadas não são disponíveis para todos?
  4. O Google Calendar enfim irá cara nova na web. Seguindo o padrão de outros produtos Google e a própria agenda nos dispositivos móveis, será lançada a interface com Material Design. Ainda não há data precisa para implantação do novo Look and Feel, mas tudo indica que será um processo incremental.
  5. As Máquinas Pensam? A pergunta é polêmica atualmente, imagine em 1950? Muita gente conheceu Alan Turing pelo filme "Jogo da Imitação", de 2014. Para entender um pouco mais das ideias do precursor da computação como conhecemos hoje, recomendo a leitura de seu artigo mais famoso, de 1950. Nele, Turing lança suas principais teorias sobre as máquinas e sua capacidade de "pensar", onde é possível ver paralelos com os desafios da inteligência computacional moderna.
  6. Depois de uma longa espera, o PostgreSQL 10.0 foi lançado. A versão conta com uma série de novidades robustas, voltadas para os desafios modernos em tratamento de dados. Replicação Lógica (nativa), melhorias no particionamento e no paralelismo e avanços significativos na replicação síncrona são apenas algumas das novidades.
  7. O PostgreSQL 10.0 trouxe diversas mudanças quando o assunto é monitoramento. Permissões especiais de monitoramento, reestruturação dos nomes (xlog enfim vai se chamar wal) e extensão das informações na pg_stat_activity são algumas das novidades.
  8. Os engenheiros do Gitlab explicaram como trabalharam com a escalabilidade do PostgreSQL embutido da ferramenta, tanto para a plicação em nuvem quanto a self-hosted.
  9. Adam Culp é mais um tentando te convencer a migrar para o PHP7. Acho que nem preciso acrescentar mais nada depois de tantos argumentos e pessoas dizendo que isso deve ser feito para ontem.
  10. Herberto Graça fala sobre os benefícios da arquitetura baseada em eventos, principalmente do aspecto de separação de responsabilidades. É uma visão atual sobre a relação entre componentes e o ecossistema que eles estão inseridos. Vale a pena conferir.
  11. Cientistas mostraram que é possível projetar uma AI muito eficiente com razoável baixo custo computacional, sendo executada dentro de um celular. Com a proposta de Amanda Ramcha e seus coautores, é possível identificar com quase 100% de acurácia se uma planta está doente, a partir de uma amostra (bem preparada) de apenas 2756 imagens.
  12. Paras Chopra faz uma introdução de altíssimo nível aos principais conceitos de Machine Learning, sem assustar ninguém e voltado para gerentes e líderes. O artigo faz contraponto à hype sobre a tecnologia, dando um passo para trás e fazendo uma análise sóbria do mercado.

Add a comment

Previous Post Next Post