Blog

Vinicius Schettino

Ideias e tópicos de interesse de um Engenheiro de Software

Para quase todo site que envolva publicação de conteúdo, o WordPress é a primeira opção. Desenvolvedores o tem em alta estima por diversos motivos, como a quantidade de temas e plugins disponíveis, fácil instalação e familiaridade tanto com o ecossistema quanto dos usuários com a interface. Contudo, já apresentei desafios ainda não resolvidos na comunidade WordPress que devem ser levados em consideração na hora da escolha. Alternativas como o Grav exploram um nicho específico de gerenciamento de conteúdo, com uma aposta bem clara: simplicidade. Neste artigo vou descrever algumas das principais caraterísiticas do Grav, suas diferenças em relação ao WordPress e, a título de exemplificação, como este blog foi projetado.

Continue reading...

  1. Uma séria vulnerabilidade no protocolo WPA2 foi descoberta esta semana, pelo pesquisador Mathy Vanhoef. Ela foi batizada de KRAK (Key Reinstallation Attacks). Explorando a troca de chaves que acontece no início da comunicação (handshake), o invasor poderia forjar chaves de criptografia e comp...

Continue reading...

Os últimos meses tem sido de expectativa para os aficcionados pelo React. Depois da decisão da Apache Foundation de colocar a Licença BSD + Patents Clause, utilizada pelo Facebook no React e no React Native (e em outros produtos), na lista de licenças proibidas de integrarem produtos Apache, mu...

Continue reading...

Em 2017, o ecossistema WordPress completa 14 anos de existência. A plataforma open source de CMS (Content Management System) está presente em 28,8% dos sites e 26% dos e-commerces, o que a torna uma tecnologia essencial para o conceito de internet que conhecemos hoje. Tamanha influência e alcance potencializam desafios das esferas técnicas, organizacionais e sociais, que ameaçam a atratividade e a evolução da plataforma. Neste artigo irei apresentar os principais desafios técnicos com os quais o WordPress atualmente encara, e quais caminhos estão sendo trilhados para garantir que a presença deste gigante da internet não seja abalada.

Continue reading...

Publicamos um artigo sobre o ecossistema Spotify no 11th Brazilian Symposium on Software Components, Architectures, and Reuse (SBCARS 2017). Foi um dos primeiros trabalhos seguindo a recomendação de Manikas (2016) para estudos mais profundos sobre ecossistemas reais, e não apenas trabalhos teóri...

Continue reading...